Escolher a Vida

We’re turning 100 in 2022! Help us share the wisdom of Kabbalah for our next 100 years! DONATE NOW


Menu Principal

Eventos & Cursos


Menu Principal

Assinatura


Torne-se membro

Descubra mais sabedoria e práticas para elevar a si mesmo, a sua vida e as pessoas ao seu redor. De artigos e vídeos semanais a aulas e eventos com transmissão ao vivo e presencialmente, há um plano de assinatura para todos.

Veja planos de assinatura
Assinatura em Destaque:
Comunidade
  • Benefícios inclusos:
  • Todas as aulas transmitidas
  • Todas as aulas presenciais*
  • 10% desconto em nossas livrarias*
  • E muito mais...
  • Junte-se Hoje
  • *Nas localidades participantes. Haverá restrições aplicadas.
Menu Principal

Orientação


Vá ainda mais fundo na sabedoria da Kabbalah com orientação personalizada e leituras de mapas.
Encontro gratuito com um professor

Nossos instrutores dedicados estão aqui para ajudá-lo a navegar em sua jornada espiritual.

Solicite o Seu
Leitura de Mapa Astral Kabalístico

Aprender sobre nossa alma por meio de um mapa astrológico ajuda a dar mais significado e maior compreensão às experiências que enfrentamos, às pessoas que conhecemos, ao trabalho que fazemos e às bifurcações da estrada.

Agende uma leitura de mapa
Orientação Pessoal - Serviços do Kabbalah Centre

Sessões personalizadas individuais com um instrutor para aprofundar em uma área que lhe interessa ou oferecer suporte onde você mais precisa. As reuniões abrangem desde relacionamentos, tikkun e estudo profundo do Zohar, todas personalizados especialmente para você.

Reserve uma Sessão de Orientação

Escolher a Vida

Karen Berg
Agosto 29, 2021
Curtir 20 Compartilhar Comentários 5

Este artigo sobre a porção da semana foi publicado anteriormente em 2018. 

Chegamos à semana que antecede Rosh Hashaná, o início do ano novo. Rosh Hashaná, ou Cabeça do Ano, é o nascimento de Adão e, portanto, é o nascimento de toda a humanidade. Assim como em nosso próprio aniversário, usamos este momento para refletir sobre o estado de nossas vidas. Onde estivemos e para onde vamos? Quais são nossos sonhos para o próximo ano? A vida pode simplesmente passar por nós, se deixarmos, e podemos nos encontrar em um estado robótico. Como uma folha simplesmente voando com o vento, podemos perceber que nunca tivemos um papel ativo na escolha do curso de nossa vida. Possivelmente nossa família tenha decidido sobre nossa carreira ou nossos pais nos disseram a quem amar. Talvez tenhamos deixado a sociedade nos dizer o que fazer com nossas vidas. É importante nos conectarmos agora com nossa voz interior para descobrirmos a verdade sobre o que realmente queremos. Qual é o desejo do nosso coração? Nesta semana, anterior ao nascimento da humanidade, estamos diante do ano que chega e vemos os numerosos caminhos que temos pela frente. O universo pede que escolhamos nossa direção e nosso caminho espiritual. Pede que nós tenhamos um papel ativo na decisão de nossos próprios destinos. Embora seja verdade que sempre recebemos o livre-arbítrio para seguir qualquer caminho que queiramos, nesta semana o Criador está sussurrando em nossos ouvidos e em nossos corações. Ele nos encoraja para que este seja o ano em que escolhemos nos comprometer com o amor, pois quando assim fazemos, estamos escolhendo a própria vida.

“Todos nós desejamos bênçãos para o ano que se inicia.”

Nosso guia do cosmos nesta semana é a porção da Bíblia chamada Nitzavim. Nitzavim quer dizer “vocês estão diante”. Moisés continua a falar para os israelitas, mas, dessa vez, com mais convicção do que nunca. Moisés, ensinando com o coração, lembra-os de que estão diante do Criador, bem como do seu relacionamento com Ele. Pede a eles que compreendam inteiramente a seriedade de sua conexão com o Criador e que continuem a escolhê-Lo. Moisés também lembra aos israelitas, uma vez mais, que eles têm uma ligação com o Criador, que foi estabelecida com seus antepassados. Encoraja-os a apreciar essa ligação e a se lembrarem dela. Dessa maneira, é garantido a eles sucesso contínuo e bênçãos por todos os anos de suas vidas. Os israelitas são alertados da negatividade que potencialmente podem criar ao se desviarem do curso do caminho do Criador. Agir com intolerância ou falta de dignidade humana irá gerar somente negatividade para eles mesmos.  Moisés, com convicção, expressa a extrema necessidade que os  israelitas têm de eleger o amor em seus corações, de um pelo outro, por si mesmos e pelo Criador. Ele promete que o Criador ajudará no processo ao suavizar seus corações, permitindo que eles estejam abertos ao amor. Moisés assegura que a Terra Prometida está à espera deles, se eles  se comprometerem com o caminho do Criador. No que parece ser seu maior e último apelo, Moisés diz: “Chamo Céu e Terra para testemunhar contra vocês neste dia, em que coloquei diante de vocês vida e morte, a bênção e a maldição; portanto, escolham a vida para que vocês possam viver”. Isso é um poderoso momento na Bíblia, quase como ser sacudido durante um sono profundo. Um sono que pode estar nos impedindo de agir de forma a servir aos nossos melhores interesses.  Todos nós desejamos as bênçãos no ano que chega. Agora é o momento de meditar e pedir exatamente o que nosso coração deseja.

Algumas vezes, no entanto, nossos desejos não estão alinhados com nossos melhores interesses. Algumas vezes, a falta de desejo é nosso maior obstáculo, levando-nos a nos contentar com muito pouco. Isso me lembra da fábula na qual a esposa estava destinada a morrer durante o parto. Quando chegou o momento da esposa dar à luz, ambos, ela e o marido, imploraram ao Criador para anular seu carma e reverter o decreto. Naquele momento, suas lágrimas fizeram os portões do Céu se abrirem, mas eles infelizmente cometeram o erro de pedir ao Criador por somente um ano, no qual poderiam ficar juntos. Suas preces foram de fato atendidas: eles viveram felizes juntos por um ano e, então, a esposa faleceu. No entanto, com os portões do Céu abertos, eles poderiam ter pedido por uma eternidade juntos, e eles teriam recebido isto.

“Um forte desejo é nosso maior bem na jornada da vida.” 

Um forte desejo é nosso maior bem na jornada da vida. O Criador quer para todos nós as bênçãos que a vida pode oferecer, mas será que compartilhamos do mesmo desejo? Será que nos contentamos com muito pouco? Nesta semana, o Criador nos ajuda a escolher a vida, a saber o que realmente reside no fundo de nossos corações. Para nos ajudar, na porção de Nitzavim, recebemos a valiosa energia de Yom Kipur, o dia em que ocorre a grande purificação do ano. Em Yom Kipur, nosso egoísmo é removido e nossos corações se abrem para o Criador e para o amor. Em Nitzavim, nós temos a décima ocorrência em que “pontos” aparecem sobre palavras. Esta décima ocorrência de pontos nos dá a energia do décimo dia de Libra, que é Yom Kipur. Notavelmente, nesta semana, somos purificados dos bloqueios que podem nos impedir de desejar o amor simples. Somos capazes de ver a verdade de que o amor é a resposta para nossos problemas. O amor consegue atrair a felicidade e a realização pelos quais procuramos. Essa dádiva que recebemos é para nos apoiar no plantio de sementes positivas para o próximo ano. O Criador sabe que, quando nós finalmente abrimos nossos corações e desejamos o amor simples, este amor irá permear e influenciar o mundo todo. Pois quando escolhemos o amor, estamos de fato escolhendo a vida.

Nesta semana, em suas meditações, imagine que estamos com o Criador, como pai e filho, como mãe e filha e como duas almas gêmeas. Estamos com o Criador na montanha, de mãos dadas com Ele, enquanto encaramos o brilhante sol do próximo ano. Contemplamos o futuro e vemos todo o bem que virá em nosso caminho. Vemos as bênçãos, a boa fortuna, a prosperidade, a alegria e, o mais importante, o amor. Sentimos o amor desabrochando em nossos corações. Escolhemos caminhar com o Criador, de mãos dadas, no caminho da dignidade humana e do incrível amor. Podemos finalmente entender e ver que, quando somos seres de amor, a Luz da Vida está sempre conosco, e esta é a vida que escolhemos. 
 


Comentários 5