Uma Simples Oração

We’re turning 100 in 2022! Help us share the wisdom of Kabbalah for our next 100 years! DONATE NOW


Menu Principal

Eventos & Cursos


Menu Principal

Assinatura


Torne-se membro

Descubra mais sabedoria e práticas para elevar a si mesmo, a sua vida e as pessoas ao seu redor. De artigos e vídeos semanais a aulas e eventos com transmissão ao vivo e presencialmente, há um plano de assinatura para todos.

Veja planos de assinatura
Assinatura em Destaque:
Comunidade
  • Benefícios inclusos:
  • Todas as aulas transmitidas
  • Todas as aulas presenciais*
  • 10% desconto em nossas livrarias*
  • E muito mais...
  • Junte-se Hoje
  • *Nas localidades participantes. Haverá restrições aplicadas.
Menu Principal

Orientação


Vá ainda mais fundo na sabedoria da Kabbalah com orientação personalizada e leituras de mapas.
Encontro gratuito com um professor

Nossos instrutores dedicados estão aqui para ajudá-lo a navegar em sua jornada espiritual.

Solicite o Seu
Leitura de Mapa Astral Kabalístico

Aprender sobre nossa alma por meio de um mapa astrológico ajuda a dar mais significado e maior compreensão às experiências que enfrentamos, às pessoas que conhecemos, ao trabalho que fazemos e às bifurcações da estrada.

Agende uma leitura de mapa
Orientação Pessoal - Serviços do Kabbalah Centre

Sessões personalizadas individuais com um instrutor para aprofundar em uma área que lhe interessa ou oferecer suporte onde você mais precisa. As reuniões abrangem desde relacionamentos, tikkun e estudo profundo do Zohar, todas personalizados especialmente para você.

Reserve uma Sessão de Orientação

Uma Simples Oração

Yehuda Yeshurun
Março 30, 2021
Curtir 23 Compartilhar Comentários 2

Os kabalistas explicam que há três maneiras de se conectar e canalizar Luz das almas dos justos que deixaram este mundo: visitar o lugar onde foram sepultados, ler suas palavras de sabedoria ou ler histórias sobre eles. A cada história que lemos, não só canalizamos a Luz que essas almas justas revelaram, como também a dádiva da lição ensinada por esse kabalista. 


O grande kabalista Baal Shem Tov costumava viajar de cidade em cidade pela Ucrânia. Geralmente ele não tinha um destino estabelecido, e seus pés ou seu cavalo o guiariam para a cidade ou casa onde ele deveria parar. Sempre haveria alguém necessitado, alguma lição para ensinar, alguma sabedoria para transmitir e compartilhar.

Uma vez, ele parou em uma casa simples e bateu à porta. Uma mulher o cumprimentou calorosamente.

“Lamento incomodá-la, mas posso passar a noite? " perguntou o Baal Shem Tov.

“Claro, seria um prazer!” ela respondeu, nem mesmo sabendo quem ele era. “Por favor, entre, sinta-se em casa. Meu marido Jacá estará com você assim que terminar a oração da tarde. ”


Então, o Baal Shem Tov entrou, sentou-se e esperou para falar com o marido. Os minutos se transformaram em horas enquanto o Baal Shem Tov se perguntava onde Jacó estava. A prece da tarde não era muito longa, mesmo se, como o próprio Baal Shem Tov, alguém dedicasse um tempo extra às meditações e à consciência.

Finalmente, Jacó chegou, desculpando-se profusamente pela longa espera. “Veja”, ele explicou, “eu realmente não sei orar muito bem. Nunca fui ensinado onde terminam as orações da manhã e começam as orações da tarde, e onde terminam as orações da tarde e começam as da noite. Então, para ter certeza de fazer sempre a oração certa, eu digo tudo que está no livro de orações do começo ao fim, três vezes ao dia! Embora isso aumente bastante meu tempo de oração. ”

“Por sua gentil hospedagem, eu ficaria mais do que feliz em lhe ensinar os segredos das orações, se você quiser”, disse o Baal Shem Tov. “Eu vou mostrar a você onde cada oração começa e termina, onde pular e onde adicionar, onde meditar para sustento e para cura.”

O rosto de Jacó se iluminou com a sugestão. Finalmente, ele seria capaz de orar corretamente! Pela primeira vez, ele poderia deixar o Criador feliz em fazer as orações da maneira correta!

Durante metade da noite, eles se sentaram juntos, anotando em seu livro de orações, colocando páginas adicionais com instruções e orientações e, por fim, retirando-se para dormir.

Na manhã seguinte, o Baal Shem Tov despediu-se e seguiu seu caminho. Não muito depois, Jacó estava andando com tanta empolgação e felicidade, livro de orações na mão, e tropeçou no pé da mesa. Seu livro de orações voou no ar, páginas espalhadas por toda parte, anotações  misturadas por todo o chão.

"Ah não!" ele pensou, mortificado. "Como vou descobrir qual página vai onde?"

Sem desistir, ele agarrou as páginas espalhadas, o que restava de seu livro de orações, e correu atrás do Baal Shem Tov. À distância, ele viu o Baal Shem Tov parar em um lago nos limites da cidade. Ele viu o Baal Shem Tov colocar um lenço no chão, pisar nele, e o lenço o carregou através do lago. (Sem o conhecimento do nosso simples amigo, o Baal Shem Tov havia despertado anjos para carregá-lo através da água, por meio de seu estado espiritual muito elevado. Um mestre em milagres, o Baal Shem Tov só usava esses anjos para ajudar os outros e chegar a destinos onde outros precisavam de suas bênçãos e assistência, e nunca para ganho pessoal.)

O único pensamento que passou pela mente de Jacó foi seu desejo ardente de alcançar o Baal Shem Tov e ajudá-lo a consertar seu livro de orações. Ele queria tanto se conectar com o Criador da maneira certa, da maneira adequada, que a lógica não entrou em sua mente. Ele também colocou um lenço no chão, pisou nele e ele o carregou através da água.

Alcançando o Baal Shem Tov e totalmente sem fôlego, Jacó colocou as páginas e anotações espalhadas nas mãos do Baal Shem Tov e implorou que ele as organizasse. O Baal Shem Tov olhou para ele perplexo. Certamente, alguém que nem sabia quais páginas foram para onde, não teria conhecido as meditações e nomes adequados dos anjos para despertar sua ajuda.

"Como exatamente você atravessou o lago tão rápido?"

“Oh”, Jacó respondeu, “Eu só ... eu vi você colocar o lenço, então eu apenas fiz o que você fez! Eu não deveria fazer isso? Por favor, você ainda vai me ajudar a organizar minhas orações, mesmo que eu tenha cometido um erro? "

O Baal Shem Tov sorriu, a luz irradiando de seu rosto. “Eu acho que suas orações estão boas do jeito que estão.”

O Baal Shem Tov é considerado um dos maiores Kabalistas dos últimos séculos porque revolucionou a espiritualidade. Ele ensinou que não importava se você dissesse todas as palavras corretamente ou na ordem certa. Não importava se você tinha afundado nas profundezas ou tinha uma história cheia de ações negativas.

O que importava era o seu desejo de se conectar com a Luz do Criador. Seu desejo de ser melhor e fazer melhor do que ontem. O que importava é que você abrira espaço em seu coração para o Criador, independentemente de conhecimento, sabedoria ou compreensão. Certamente, quando se tratava de oração, não importava se você pronunciava as coisas corretamente ou no momento certo. Ele ensinou que consciência, desejo e simplicidade são as chaves para desbloquear bênçãos e milagres.

Sim, há janelas no tempo em momentos específicos e, sim, há meditações e orações detalhadas prescritas por Kabalistas e sábios. Mas o Criador não está esperando com um relógio, verificando se você chegou a tempo, rejeitando orações atrasadas, incompletas ou mal pronunciadas. Deus não precisa de nossas orações ou meditações para saber o que realmente está em nossos corações. Como Jacó atravessando o lago com seu simples desejo de se conectar, nós também temos dentro de nós o poder da grandeza. Tudo o que temos que fazer para alcançá-lo é abandonar a perfeição e deixar Deus agir. Porque com um coração puro, ascendemos aos níveis elevados dos grandes Kabalistas, onde os milagres se tornam a norma.

Que o mérito do Baal Shem Tov desperte nosso desejo simples pela Luz do Criador e permita que nossas almas se elevem a alturas cada vez maiores.
 


Comentários 2